quinta-feira, 4 de abril de 2013

Desvendando a matéria escura (ou quase lá)

Já comentei sobre a Matéria Escura em algumas postagens. 
Essa substância misteriosa que não interage com a luz, segundo teoria, forma boa parte do Universo, mas ninguém sabe descrever sua estrutura de modo preciso. 
Espectrômetro Alfa Magnético (AMS, na sigla em inglês) antes de ser enviado ao espaço (Foto: Divulgação/Michele Famiglietti/CERN/Nasa)
Espectrômetro Alfa Magnético (AMS, na sigla em inglês) antes de ser enviado ao espaço (Foto: Divulgação/Michele Famiglietti/CERN/Nasa)
Nessa quarta-feira (03) cientistas do Centro Europeu de Pesquisas Nucleares (Cern) anunciaram que podem ter identificado evidências de matéria escura no Universo, ressaltando ainda que podem ter registrado traços físicos da tal substância ao estudar a radiação de pósitrons (o equivalente a um elétron, mas com carga positiva) identificados na Estação Espacial Internacional (ISS) nos últimos 18 meses.
O estudo acerca da matéria escura foi realizado com a ajuda do Espectrômetro Alfa Magnético (AMS, na sigla em inglês) a bordo da ISS. O AMS identificou uma quantidade razoável de pósitrons que podem ter surgido do decaimento da matéria escura. Segundo os pesquisadores, tais dados podem levar a uma descoberta muito empolgante no futuro. O AMS vai continuar em atividade e nos próximos meses (ou anos) poderá afirmar se os pósitrons são de fato evidências da matéria escura ou se têm alguma outra origem.
"Seria incrível, algo como descobrir um continente completamente novo", afirmou a física Pauline Gagnon, que trabalha no Cern.

Fonte (com modificações): G1

4 comentários:

  1. É tentador visualizarmos este tipo de descoberta, e percebermos o quanto é minucioso este processo de identificação.
    Logo chegamos a certa conclusão que é de suma importância, receber tais notícias que nos surpreendem, como no âmbito Astronômico.
    Adorei conhecer um pouco mais deste mundo bizarro, que nos circunda.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Thainá, se lhe for útil de alguma forma, ficarei feliz: http://trulymonolithic.wordpress.com/

    Futuramente postarei um vídeo bem interessante sobre Newton e Liebniz, e tentarei demonstrar o porque da "ciência" hoje ter a autoridade que não deveria ter de modo algum - se souber inglês, se adiante e assista em garygeck.com, Leibniz, The Optimist, e veja como Newton fechou os homens sob o céu das exatas, sob o céu mecânico, gerando assim uma falsa realidade na qual todos começaram a entender a vida de forma completamente errada -.

    Não é porque digo isto que sou a favor da autoridade eclesial.

    Sou a favor apenas da consciência não manipulada. Que cada um faça suas decisões entendendo-as, e entendendo a consequência delas.

    Gostaria de lhe dar um conselho (e que não haja idéias de que estou querendo dar uma de superior, não!): se quiser realmente saber de ciência, lhe digo que bom seria aprender sobre a filosofia das ciências (como o grande John C. Lennox), e para você ser mais "malandra", saiba sempre o que acontece na política, pois ela é uma grande vilã da ciência com "c" maiúsculo (seitas, sociedades secretas subversivas, serviços secretos como a KGB, organizações internacionais... essas entidades sempre atrapalharam e atrapalharão sempre o homem na sua grande busca, a busca da verdade).

    ResponderExcluir
  4. Olá, apesar de leigo no assunto, interesso-me bastante por astronomia. E adorei o seu blog. Parabéns!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...